Pular para o conteúdo principal

Visibilidade Trans

Com este post procuro abrir caminho para a reflexão à respeito do Dia a Visibilidade Trans, ainda pensando nas manifestações de hostilidade à Judith Butler por aqui, ao número absurdo de mortes por transfobia que, impotentes, tivemos que assistir durante o ano que passou, sobre as ações coordenadas que fizeram a expressão "Ideologia de Gênero" ganhar destaque e, perplexas por uns instantes, vimos os direitos conquistados a duras penas quase sumirem sob nossos olhares...


Tirésias e as serpentes *
Pesquiso a questão "Trans" a pelo menos oito anos, em busca de respostas a perguntas que, aprendi com o tempo, devem ser construídas pela vivência do que sou. Boa parte dessa pequisa resultou em achados curiosos, que ajudam a construir um panorama histórico do que hoje se chama TRANS, e que não conta boas referências históricas, já que em geral a história é contada pelos vencedores e, somente depois de muito esforço, o oprimido ganha voz.

Pensando nisso tudo, fui atrás de materiais antigos que corroboram as experiências que temos vivido aqui, pontos na história em outros lugares e culturas, tentando de alguma forma construir uma Cronologia Trans. O caminho que me trouxe à tradução que vou apresentar começa com o mito de Tirésias e as serpentes, em que um homem é tornado mulher, e depois volta a condição original, por vontade "dos deuses". O material que trago é a tradução de uma linha do tempo em que a transexualidade permeia a história humana, seja na forma de sacerdotisas, governantes, heróis e deusas, como forma de mostrar que o que ainda é visto como desvio, doença, crime, na verdade está presente em todos os momentos de nossa construção como humanidade. O texto original em inglês pode ser encontrado aqui.
Peço, antecipadamente, desculpas por alguma imprecisão na tradução.

Cronograma Histórico Transgênero - 2500 aC. a 2009 dC.


TempoLocalEventos
antes de 2500 aC1 - c. 300 dC
Oriente próximo e Europa


Certas deusas eram servidas em templos por sacerdotisas transsexuais que voluntariamente removeram seus próprios testículos. As primeiras sacerdotisas conhecidas são o Assinnu de Sumeria que serviu a deusa Inanna pelo menos até o meio do terceiro milênio aC.1 
Os Assinnu começaram seus serviços apenas depois de remover seus testículos. Eles vestiam roupas femininas. Ishtar, a contraparte babilônica de Inanna foi servida em seus templos pelo Kurgarru. Os Kurgarru mantinham seus testículos, mas usavam roupas femininas de um lado de seus corpos e roupas masculinas no outro. 
Por volta de 2000 aC, em Canaã (atual Israel/Palestina), a deusa Astarte (Athirat, Asherah) foi servida por sacerdotisas transexuais chamadas Qedeshtu. Na Rússia e na Ucrânia, a Deusa Mãe chamada Artimpasa ou Argimpasa foi servida por sacerdotisas transexuais que foram chamadas Enarees pelos antigos gregos. Na própria Grécia antiga, a deusa Artemis (Diana) foi servida por sacerdotisas transexuais em Éfeso. As estátuas de Artemis muitas vezes eram traçadas figurativamente com um colar feito dos testículos de suas sacerdotisas transexuais. A deusa grega antiga Hecate foi adorada por sacerdotisas transexuais em Laguire. 
Na Anatólia (parte do que é agora a Turquia), a deusa Cybele foi servida por sacerdotisas transexuais, intersexual e não-transexuais. As sacerdotisas transexuais foram chamadas Gallae.2 Ciblé também foi servido por mulheres não-transexauais, chamadas Mellisae.
1479-1458 aC
Egito
A rainha Hatsheput era o faraó da 18ª dinastia do Egito. Ela usava vestuário viril e usava a falsa barba simbólica como deus e rei do Egito. Em pinturas de parede, ela foi retratada com cabelos curtos e geralmente sem seios femininos.
203 aC



*
Roma
O Senado romano fez de Cybele a deusa oficial da República Romana. As primeiras Gallae, sacerdotisas transexuais de Cybele, chegam a Roma.

N.T.: no original não há nenhuma referência à Idade média até o evento abaixo
1429 dCFrança
Joana d'Arc, em armadura de batalha completa, liderou a marcha de um exército campesino para a cidade de Orleans, ocupada pelas forças inglesas. Esta foi a sua primeira vez no comando da batalha. Sobre o destino de Orleans pendia o de todo o Reino da França.
1429Orleans, França
Joana d'Arc conquistou Orleans em nome do Príncipe Carlos da França depois que os ingleses recuaram.
1429Reims, França
Como resultado dos muitos sucessos militares de Joana contra os ingleses e seus aliados burgúndios, o Príncipe Philip é coroado o Rei da França em Reims. Joana ficou ao seu lado, segurando sua bandeira de combate, enquanto ele foi coroado. A nação da França nasceu.
 1430Compeigne, França
Joana d'Arc foi capturada pelos burgúndios que logo a venderam aos ingleses. (Os ingleses, mais tarde, a retiveram pelo resgate, mas a nobreza francesa se recusou a pagar o valor.)
1431Rouen, França
Joana d'Arc foi queimada na fogueira depois de ter sido julgada pelos ingleses por acusações de heresia e feitiçaria. Embora o tribunal tenha sido manipulado contra ela, ela foi considerada inocente ante a acusação original. A razão técnica para sua execução era que ela usava roupas masculinas e se recusava a parar. Isso foi considerado uma ofensa contra Deus.3
1513Panamá
O cronista espanhol Pedro Martir acompanhou o famoso conquistador Vasco Núñez de Balboa em sua expedição pelo Panamá. Ele escreveu sobre o encontro de Balboa com os nativos americanos Querequas, em 1513: "Vasco descobriu que a vila de Quarequa estava manchada pelo vício mais repugnante. Os irmãos do rei e vários outros cortesãos estavam vestidos de mulheres e de acordo com os relatos dos vizinhos compartilhou a mesma paixão. Vasco ordenou que quarenta deles fossem despedaçados por cachorros ".4
1576Nordeste do Brasil
Pedro de Maghalhães escreveu sobre mulheres entre os nativos americanos Tupinambá que viviam como homens, caçavam e iam à guerra. Eles foram aceitos como homens pelos outros homens em sua tribo. Eles lembraram Maghalhães e sua equipe de exploradores portugueses de todos os guerreiros da Amazônia na mitologia grega. Conseqüentemente, eles renomearam o rio que fluía por essa área, o "rio das Amazonas".5
1600Espanha e América
espanhola
Catalino d'Erauso (1592-1650) nasceu na cidade de São Sebastião no País Basco da Espanha. Foi enviada para um convento com a idade de 4 anos, e deixou-o aos 15 anos, depois de ter sido espancado. Vestindo-se como um homem, chamou-se Francisco de Loyola. Ela finalmente se inscreveu em um navio que a levou para a América do Sul. Ela então se alistou como soldado sob o nome de Alonso Diaz Ramirez de Guzman. Serviu com sucesso sob vários capitães. Ela finalmente contou a verdade sobre si mesma para um bispo e entrou em um convento. Sua história espalhou-se para a Europa. Em 1624, chegou à Espanha. Mais tarde, ela percorreu a Itália e obteve uma dispensa do Papa Urbano VIII para vestir roupas masculinas. Em 1645, ela foi para a Nova Espanha (México) e se tornou um piloto de mulas sob o nome de Antonio de Erauso. Morreu na Nova Espanha, em 1650.6
1673Ao longo da face Norte do rio Mississippi 
O missionário-explorador jesuíta francês Jacques Marquette descreveu as atitudes das tribos Illini e Nadouessi para homens que viviam como mulheres e mulheres que viviam como homens: "Eles são convocados para os conselhos, e nada pode ser decidido sem o seu conselho. Finalmente, através de sua profissão de liderar uma vida extraordinária, eles passam para Manitous - isto é, passam a ser espíritos - ou pessoas de conseqüência ".7
1720Próximo à costa norte da Jamaica
Em outubro de 1720, o capitão pirata "Calico Jack" Rackham, sua amante pirata Anne Bonny e sua colega pirata Mary Read foram capturados no navio Rockham na costa oeste da Jamaica pelo caçador de piratas Jonathan Barnett e sua equipe. Mary Read vestiu-se como um homem e passou por homem a maior parte do tempo desde a infância após o seu irmão ter morrido. Mary fingiu que era seu irmão depois da morte, para que ela e a mãe viúva continuassem a receber dinheiro da avó paterna de Maria. Antes de conhecer Rockham e Anne Bonny, Mary Read em tempos diferentes, tinha sido um soldado, um marinheiro comum e um pirata. Ela continuou com sua vida pirata depois de se juntar a Rockham. Tanto a amante de Mary como a de Rocham, Anne Bonny, lutaram como piratas enquanto se vestiam como homens. Após a captura de Rochham, Anne Bonny e Mary Read, em outubro de 1720, os três foram julgados e considerados culpados de pirataria. Rockham foi enforcado. Mas Anne e Mary receberam estadias temporárias de execução alegando que estavam grávidas. Mary Read morreu de doença ou parto enquanto ainda estava presa. Mas Anne Bonny foi resgatada por seu pai e casada antes do final do ano. Ela então viveu uma vida respeitável até morrer, aos 81 anos de idade.8
1724Oeste dos Grandes Lagos, Florida e Louisiana
O missionário francês Joseph Francois Lafitau deplorou homens vivendo como mulheres e mulheres que viviam como homens, mas ele escreveu que, entre os nativos americanos, ele encontrou na região ocidental dos Grandes Lagos, na Flórida e na Louisiana: "Eles acreditam que são honrados. Eles participam de todos cerimônias religiosas, e essa profissão de uma vida extraordinária faz com que sejam considerados pessoas de ordem superior ... "9
1843Salisbury, ConneticutLevi Sudyam, a 24-year old resident of the town, asked the town selectmen to validate his right to vote as a Whig in the current town election. Local Tories protested that he was too much of a woman. Women were not allowed to vote. The local doctor reached into Sudyam's pants and found male genatalia. Sudyam was allowed to vote. The Whigs won the election by one vote. Days later, the doctor gave Sudyam a thorough physical examination. He found that Sudyam also had a vaginal opening and menstruated. It is not known how the dispute over the election was finally settled, or what was the result.10
Fim dos anos 1890
 Montana
Levi Sudyam, um residente de 24 anos da cidade, pediu aos "homens honrados" da cidade para validar seu direito de votar como um Whig nas eleições da cidade atual. Tories locais protestaram que ele parecia muito com uma mulher. As mulheres não podiam votar. O médico local "procurou entre as calças" de Sudyam e encontrou uma genitália masculina. Sudyam foi autorizado a votar. Os Whigs ganharam as eleições por um voto. Dias depois, o médico fez em Sudyam um exame físico completo, e descobriu que Sudyam também tinha uma abertura vaginal, e menstruada. Não se sabe como a disputa sobre a eleição foi finalmente resolvida, ou qual foi o resultado.11
1897 Alemanha
Dr. Magnus Hirschfeld (1868-1935) fundou o Comitê Científico Humanitário. Seu objetivo foi a revogação das leis alemãs que criminalizavam a homossexualidade. Sua petição foi assinada por mais de 5000 alemães proeminentes.12
1910 Alemanha
Magnus Hirschfeld publicou seu trabalho "Transvestites" (Travestis). Ele mesmo cunhou a palavra e aplicou-a em um sentido mais amplo do que geralmente é usado hoje. Seu significado abrangeu praticamente todas as pessoas transgêneros, incluindo transexuais, que se sentem motivados a vestir-se. Na sua publicação, Hirschfeld fez a distinção entre homossexuais e "travestis", sendo esta a primeira vez no mundo em que tal distinção foi feita em um trabalho publicado.13
1915 Inglaterra
No contexto biomédico, a palavra gênero apareceu pela primeira vez na literatura sobre "hermafroditismo" humano e foi usada por William Blair Bell (1915), um cirurgião de Liverpool que contribuiu para uma mudança na definição médica e científica do chamado Hermafroditismo (agora chamado Intersex) e assim, também, a uma mudança no que foi considerado o "verdadeiro sexo" de um indivíduo. Isso foi vinculado ao desenvolvimento recente de tecnologias médicas que poderiam identificar corretamente o tecido das gônadas e distinguir entre células do ovário e células testiculares, e que forneceu opções cirúrgicas para a remoção de órgãos sexuais.14
1918 NovaYork
Earl Lind, um residente de Nova York e um "andrógino", "hermafrodita", e "fada", que também passou pelo nome Jennie June, teve seu primeiro trabalho autobiográfico, "Autobiografia de um andrógino". Isto foi escrito principalmente para os médicos lerem e pretendiam "ajudar o sofrimento andrógino". (Veja abaixo: 1922 Nova York.)15
1918 Portland (?), Oregon
Alan Lucill (Alberta Lucille) Hart (1890-1962) tornou-se o primeiro transexual da FTM a ter uma histerectomia radical para viver plenamente sua vida como homem. Pouco depois, ele mudou seu nome de Alberta Lucille Hart para Alan Lucil Hart e casou-se com Inaz Stark, que estava bem ciente de ter nascido com um corpo feminino. Ele então entrou na profissão médica como um radiologista totalmente masculino. No ano anterior a sua cirurgia, Hart se formou com honras da University of Oregon Medical School. Naquele ano, ele já começou a ver o psiquiatra americano Dr. Joshua Gilbert. Gilbert chegou à conclusão de que Hart era psicologicamente um homem mentalmente saudável, embora ele tivesse o corpo de uma mulher. Gilbhert chegou a concordar com Hart que Hart precisava da cirurgia para poder viver uma vida feliz.16
1919 Berlin, Alemanha
Magnus Hirschfeld estabeleceu seu Instituto de Pesquisa Sexual. O instituto fez um trabalho pioneiro em relação à cirurgia de reatribuição sexual, entre outras áreas de pesquisa.17
c. 1920-c. 1940 Dakota do Sul
Durante os anos 1920 e 1930, agentes do governo e missionários cristãos pressionaram os winktes dos Lakota Sioux vivendo em reservas para mudar seus caminhos, dizendo que não eram bons. Alguns o fizeram e vestiram roupas masculinas. Outros se enforcaram em vez de mudar. [Um winkte (pronuncia-se wink-tay) era um membro do sexo masculino-para-feminino da nação Lakota que uma vez teve um papel importante na vida espiritual de seu povo.]18
1922 Cidade de Nova York 
Earl Lind (a.k.a. Jennie June) publicou seu segundo trabalho autobiográfico destinado a "ajudar o andrógino sufriente". Este livro foi intitulado "The Female Imitadores". Seu público-alvo é o público em geral.19 (Veja acima: 1918 Nova York.)
1923 Berlin, Alemanha
Magnus Hirschfeld usou o termo transsexualismo seelischen (transsexualismo espiritual), mas ele o aplicou a uma forma de "inversão" (homossexualidade). Ele ainda usou o termo travesti para as pessoas que queriam mudar fisicamente seu sexo, bem como para outros vestidos cruzados.20 (David Cauldwell foi o primeiro a usar o termo transsexual para significar uma pessoa que procura ser um membro do sexo oposto através da cirurgia. Consulte "1949 Estados Unidos" abaixo.)
1931 Berlin, Alemanha
Dorchen Richter teve o pênis removido e em seu lugar uma vagina construída cirurgicamente. Ela já havia removido seus testículos (orquiectomia) em 1922. Seu foi o primeiro caso documentado de cirurgia de transformação genital entre homens e mulheres.21
1933  Berlin, AlemanhaOs nazistas atacaram o Insitute for Sexual Research da Magnus Hirschfeld e queimaram seus arquivos e a maioria dos seus livros. Isso acabou com o Instituto. Felizmente, Hirschfeld estava fora da Alemanha, em uma turnê de conferências, na época. Ele nunca voltou para a Alemanha. Ele se tornou residente de Nice, França, depois de viver em Paris por um tempo. Ele morreu em 1935.22
1942 Inglaterra
Laurence Michael Dillon (1915-1962) (à direita), a.k.a. Michael Dillon, teve uma mastectomia depois de ter tomado comprimidos de testosterona há algum tempo. Ele mudou seu nome em sua certidão de nascimento de Laura Maud Dillon dois anos depois (1944). Ele foi o primeiro transsexual da FTM na Inglaterra a tomar hormônios masculinos e ter uma mastectomia. Ele morreu na Índia em 1962 depois de ter sido ordenado um monge budista tibetano.23
1947 Universidade Indiana , Bloomington, Indiana
Alfred Charles Kinsey (1894-1956), biólogo americano e professor de entomologia e zoologia, fundou o Instituto de Pesquisa em Sexo, Gênero e Reprodução da Universidade de Indiana, agora chamado Instituto de Pesquisa em Sexo, Gênero e Reprodução de Kinsey.24
1948 EUA
Alfred C. Kinsey, Charles Ward e Clyde E. Martin publicaram seu primeiro livro com base em sua pesquisa, Behavior Sexual in the Human Male. Isso é freqüentemente referido como o "primeiro Relatório Kinsey". O livro baseia-se principalmente em entrevistas privadas e sistemáticas de muitos indivíduos e análise estatística dos achados. O segundo relatório de Kinsey, comportamento sexual na fêmea humana pelos mesmos autores, foi publicado em 1952.25
1949 EUA
O psiquiatra Dr. David O. Cauldwell usou o termo transsexual para se referir a pessoas que desejavam ser membros do sexo oposto a eles e desejavam usar cirurgia para alterar sua aparência para que pareciam ser tais.26 (O único uso reconhecido do termo antes disso foi o de Hirschfeld em 1923. Veja "1923, Alemanha" acima.)
1950 Copenhagen, Dinamarca
A transsexual americana MTF Christine Jorgensen (direita), conhecida então como George Jorgensen e ainda se parece com um homem, começou a tomar estrogênio sob a supervisão do Dr. Christian Hamburger.27
1951Copenhagen, DinamarcaChristine Jorgensen underwent her orchiectomy.28
1952  Copenhagen, DinamarcaChristine Jorgensen sofreu sua penectomia.29
1952 Cidade de Nova York
O The New York Times deu a notícia da transformação sexual de Christine Jorgensen. O título da primeira página: "EX-GI TORNA_SE BELEZA LOURA" - "Operações Transformam a Juventude do Bronx". A história logo foi reproduzida nas primeiras páginas de jornais de todo o mundo.30
1953 Los Angeles, Califórnia
Tamara Rees (1924) começou a tomar estrogênio e a viver como mulher.31
1953 NovaYork, Academia de Medicina
O Dr. Harry Benjamin usou o termo transsexualismo em um contexto médico. Isso ocorreu em uma palestra que ele deu na Academia. Era o termo que tinha sido usado dessa maneira, se não o primeiro uso do termo em qualquer contexto.32
1954 Holanda
Tamara Rees foi submetida a cirurgia genital. Ao retornar aos Estados Unidos, ela foi recebida com tanta fanfarra como Christine Jorgensen. Ao contrário de Jorgensen, ela agradeceu a publicidade. Pouco depois de voltar para Los Angeles, ela se tornou uma rainha burlesca.33
1954 New JerseyChristine Jorgensen sofreu sua cirurgia genital final. Os lábios e o canal vaginal foram construídos a partir de tecido retirado da parte superior da coxa. Mas a mudança era principalmente cosmética - eles não lhe deram a habilidade de se "divertir".34
1955 Reno, NevadaTamara Rees casou-se com James E. Courtland III.35
1955 Baltimore, Maryland
John Money (certo), um psicólogo da Universidade Johns Hopkins, usou o termo de papel de gênero para se referir a "tudo o que uma pessoa diz ou faz para se revelar como sendo o status de menino ou homem, menina ou mulher". Ele usou a palavra única palavra palavra de gênero para se referir a "perspectivas, atitudes e orientação". John Money com Joan G. Hampson e John L. Hampson posteriormente co-autorizaram artigos que usaram o termo "papel e orientação de gênero". Assim, neste momento, o dinheiro considerou o gênero como uma construção psicossocial.36
1956Casablanca, Marrocos
O Dr. Georges Burou inventou sua técnica para cirurgia de reatribuição de sexo homem-mulher (vaginoplastia) em que a vagina é construída a partir de tecido do pênis do paciente. Essencialmente, o tecido que forma a bainha do pênis é "invertido" (virado para dentro) para formar a vagina. Esta vagina é então inserida em uma cavidade que foi formada cirurgicamente. Mais tarde, centenas de cirurgiões em todo o mundo "engenharia reversa" da técnica depois de examinar os pacientes que receberam a cirurgia.37
1959Los Angeles
Drag queens e gays entraram em confronto com a polícia do LAPD no Cooper's Donuts. A polícia freqüentemente os perseguia. Quando três pessoas foram presas, incluindo o romancista John Rechy, outras pessoas começaram a atacar a polícia com copos de café e rosquinhas. John Rechy e os outros dois presos escaparam, mas outros foram presos.38
1962San Francisco, California
O sargento policial Elliott Blackstone foi designado como o primeiro oficial de ligação do Departamento de Polícia de São Francisco com a "comunidade homófila", como era chamado. Blackstone trabalhou no departamento de polícia para mudar a política e os procedimentos dirigidos contra a comunidade gay, lésbica e transgênero, como o aprisionamento de homens gays em banheiros públicos. Nos anos seguintes, ele trabalhou em estreita colaboração com grupos ativistas LGBT locais como Mattachine, Filhas de Bilitis, o grupo de jovens gays Vanguard, a Unidade Nacional de Aconselhamento Transsexual e o Conselho de Religião e homossexuais. Blackstone já pegou uma coleção em sua igreja para comprar hormônios para pessoas transgênero, numa época em que as clínicas de saúde financiadas pela cidade não lhes forneceriam hormônios.39
1963EUA
Reed Erickson, um multi-milionário e a primeira graduada do programa de engenharia mecânica da Universidade Estadual da Louisiana, contatou Harry Benjamin e começou a masculinizar seu corpo e a viver como um homem.40
1964Cidade de Nova York
Reed Erickson fundou a Erickson Educational Foundation (EEF) que apoiou seus muitos interesses, incluindo pesquisa e educação sobre transexualidade. Mais tarde, no mesmo ano, a Fundação Educacional Erickson permitiu que Harry Benjamin organizasse seus amigos na Fundação Harry Benjamin.41
1964Universidade da California Los Angeles (UCLA)O psiquiatra / psicanalista da UCLA, Robert J. Stoller, com seu colega Ralph Greenson, cunhou o termo "identidade de gênero", usando-o para significar o que antes tinha sido denominado "sexo psicológico". Ele o distingue da "identidade sexual", limitando o último à identidade masculino / feminino quando é assumido por uma pessoa apenas no contexto da fantasia sexual, do papel sexual, etc. A distinção que ele fez entre os termos "identidade de gênero" e "papel de gênero" tornaram mais clara a diferença entre o sentido interno e subjetivo de si mesmo sendo masculino (ou feminino) e a apresentação externa de ser masculino (ou feminino).42
1964St. Louis, Missouri
William Masters e Virginia E. Johnson fundaram a Fundação de Pesquisa em Biologia Reprodutiva, renomeada no Instituto Masters e Johnson em 1978.43
1964Cidade de Nova York
Um pequeno grupo liderado pelo ativista Randy Wicker piquetou o Centro de Indução da Rua Whitehall após a confidencialidade dos homens homossexuais ser violada pelo conselho. Este foi o primeiro protesto civil nos Estados Unidos em prol dos direitos dos homossexuais.44
1964Cidade de Nova York
Quatro homens homossexuais e lésbicas piquetaram uma palestra por um psicanalista adotando suas concepções de homossexualidade como uma forma de doença mental. Os piqueteros receberam dez minutos para dar uma refutação.45
1966EUAO Dr. Harry Benjamin publicou seu livro pioneiro, "The Transsexual Phenomenon."46
1966EUA
William Masters e Virginia E. Johnson publicam seu primeiro livro, Human Sexual Response. O livro é baseado em sua própria pesquisa envolvendo observações laboratoriais diretas.47
1966San Francisco, California.
O Compton's Cafeteria Riot ocorreu em uma noite de fim de semana em agosto de 1966. A data exata é desconhecida. Naquela noite, a cafeteria estava repleta de sua habitual multidão de drag queens, hustlers, adolescentes fugitivos e pessoas da rua Tenderloin. Um grupo de drag-rainhas estava ocupando uma mesa por muito tempo sem gastar dinheiro suficiente. A gerência chamou a polícia para ter essas drag-rainhas expulso. Era ilegal em San Francisco que um homem se veste com roupas femininas. Quando os policiais chegaram, um policial agarrou uma das rainhas pelo braço e tentou arrastá-la para a rua. A rainha jogou o café no rosto dele. Isso desencadeou os clientes da Compton - cerca de cinquenta a sessenta deles - para começar a jogar pratos, bandejas, copos e talheres na polícia. Os clientes em seguida viraram as mesas e despedaçaram as portas de vidro. Eles correram para a rua. As rainhas e batiam a polícia com suas bolsas pesadas e chutadas com seus sapatos de salto alto. Eles e seus aliados vandalizaram um carro da polícia, queimaram um jornal parado no chão e levaram um grande estrago no Tenderloin naquela noite. A revolta não foi relatada nos jornais. Qual é uma razão pela qual a data exata é desconhecida.48
1966San Francisco, California
O Escritório do Programa da Cidade Central Anti-Pobreza abriu esse outono como resultado da campanha de organização de Tenderloin que surgiu na sequência do Compton's Cafeteria Riot em agosto. Esta agência multi-serviço incluiu um escritório para o Sargento SFPD Elliott Blackstone, o policial da comunidade de laison oficial para a comunidade "homófilo" desde 1962. (Veja "1962 San Francisco" acima.) Um residente do bairro transgênero, Louise Ergestrasse, entrou no escritório de Blackstone , deixou cair uma cópia do livro de Harry Benjamin The Transsexual Phenomenon na mesa de Blackstone e exigiu que ele fizesse algo para "seu povo". Blackstone logo se tornou educado no assunto e ele assumiu um papel de liderança na mudança do tratamento policial das pessoas transgêneros.49
1966San Francisco
Outro grupo de ativistas transgêneros de Tenderloin, liderado por um paciente transexual MTF de Harry Benjamin chamado Wendy Kohler, começou a trabalhar com o médico ativista Joel Fort no Centro de Problemas Especiais, uma unidade do Departamento de Saúde Pública de São Francisco.50
1966Baltimore, Maryland
A Universidade Johns Hopkins inaugurou a Clínica do Instituto de Gênero da Universidade Johns Hopkins (mais tarde renomeada a Clínica de Identidade Johns Hopkins). Foi o primeiro centro médico da universidade a reconhecer, endossar e realizar cirurgia de reatribuição de sexo. Isso deu legitimidade a tal cirurgia nos Estados Unidos. John Money era uma figura chave no estabelecimento da clínica. (Veja também 1955 Johns Hopkins University acima.) A universidade já estudava e tratava condições intersexuais.51
1967
San Francisco, California
Um grupo de transexuais em San Francisco formou COG, ou seja, "Conversion Our Goal" ou "Change: Our Goal" - as contas diferem nesta questão. De acordo com uma conta, era "provavelmente a primeira organização formal de transexuais autodefinidos no mundo". Atraiu transexuais brancos, de baixa renda e pré-operatórios, a maioria dos quais morava no lombo e trabalhava como prostitutas. Cerca de um ano após a sua fundação, a COG tinha dezessete membros, todos dos quais menos um eram do sexo masculino. A única exceção era de sexo feminino. A COG ofereceu apoio mútuo entre seus membros. Além disso, tinha ambiciosos objetivos políticos. Solicitou a ausência de assédio policial, direitos legais de mudança de sexo, leis de habitação justa, oportunidades de emprego iguais e abolição de discriminação em lojas, restaurantes e outros locais de negócios. Eles também buscaram cirurgia barata na Johns Hopkins Gender Institute Clinic. A COG realizou suas reuniões regulares duas vezes por mês na Glide Church. A COG também se encontrou com a polícia e fez apresentações educacionais públicas.52
1967EUA
Christine Jorgensen publicou sua autobiografia, Christine Jorgensen: A Autobiografia pessoal.53
1968Cidade de Nova York
Reed Erickson e sua Erickson Educational Foundation cortaram todo o financiamento para Harry Benjamin e a Fundação Harry Benjamin. A última organização entrou em colapso.54
1968Stanford University, Palo Alto, California
O Programa de Reorientação de Género da Universidade de Stanford, mais tarde renomeado a Clínica de Identidade de Gênero, foi estabelecido.55
1968Cidade de Nova York
O juiz do Tribunal Civil Francis N. Pecora aceitou a aplicação de um transexual MTF pós-operatório, um dançarino exótico cujo nome artístico era "Naughty Lola", para mudar seu nome legal de Robert para Risa. O juiz escreveu sua decisão. Neste documento, ele escreve que "um transsexual do sexo masculino que se submete à reafectação do sexo é, de fato, de forma anatômica e psicológica feminina".56
1968EUA
Mario Martino, um transsexual da FTM, fundou o Labyrinth Foundation Counseling Service, a primeira organização nos Estados Unidos dedicou inteiramente as necessidades dos homens transexuais. Não era uma organização política. Martino e sua esposa, ambos profissionais de saúde, ajudaram os transexuais da FTM a encontrar os passos apropriados e as estações dentro do labirinto de serviços médicos transgêneros que começaram a surgir.57
1968EUA
Em Sexo e Gênero: Sobre o Desenvolvimento da Masculinidade e Feminilidade (Science House, 1968), Robert J. Stoller articula um desafio à crença de Freud na bissexualidade biológica. Com base em sua extensa pesquisa com transexuais e novos avanços na ciência do sexo, Stoller avança sua crença na "Feminilidade Primária", a orientação inicial do tecido biológico e a identificação psicológica para o desenvolvimento feminino. Esta fase inicial e não conflituosa contribui para uma identidade de gênero feminina no sexo masculino, tanto em meninos quanto em meninas, a menos que uma força masculina esteja presente para interromper o relacionamento simbiótico com a mãe. (Stoller inicialmente apoiou a ideia de que o gênero foi determinado por um impulso cuja origem era completamente biológica, uma força biológica, determinava o gênero. Em 1968, ele se mudou para uma explicação semi-psicológica. Ele resumiu as origens do que chamamos de homem a transsexualidade feminina na fórmula: "mãe dominante, pai empurrado para o lado, criança fofinha e adorável, filho-mãe muito perto". Para os transexuais de sexo feminino, as expansões de Stoller podem ser reduzidas a "muito pai e Mãe demais masculina garotas. ")58
1968Columbia University, Cidade de Nova York
A Student Homophile League da Columbia University protestou contra a classificação do homossexualismo como uma doença mental ao piquetear e interromper um painel de psiquiatras discutindo a homossexualidade.59
1969EUA
A antologia Transsexualismo e Reatribuição de Sexo foi publicada. É editado por Richard Green e John Money. O prefácio é escrito por Reed Erickson. A introdução é de Harry Benjamin. Mais de metade dos trinta e dois artigos que contém foram escritos por pesquisadores filiados na UCLA Gender Identity Research Clinic, a Harry Benjamin Foundation e a Johns Hopkins Identity Clinic. Foi usado como um manual por médicos que tratavam pacientes transexuais. Ele forneceu pormenores detalhados de tratamentos usando hormônios ou cirurgia.60
1969Cidade de Nova York
Após o colapso da Fundação Harry Benjamin no ano anterior, Harry Benjamin reorganiza sua pesquisa como o Projeto de Pesquisa Harry Benjamin com financiamento de "amigos pessoais".61
1969
San Francisco
O COG (formado em 1967 San Francisco) por esse tempo havia caído principalmente, devido à falta de fundos combinados com a transição de seus membros. Mas Zelda Suplee da Erickson Educational Foundation (EEF, encontrada por Reed Erickson em 1964) descobriu a COG e um de seus pequenos grupos dispersos, CATS. O EEF decidiu apoiar a sua iniciativa. Eles contrataram a membro do COG, Wendy Kohler (que havia trabalhado com o ativista médico Joel Fort no Centro de Problemas Especiais Fall, começando no outono de 1966 e depois se juntou à COG) para trabalhar como coordenador de pesquisa com o sargento de polícia Elliot Blackstone (ver San Francisco Fall 1966 ). Com o financiamento da EEF, Kohler abriu um escritório na frente da loja no mesmo prédio no Tenderloin que abrigava duas organizações gays, a Mattachine Society e as Filhas de Bilitis. Kohler tornou-se o primeiro diretor do National Gender-Sexual Identification Council (NGSIC) financiado pelo EEF. O NGSIC logo se tornou a Unidade Nacional de Aconselhamento Transsexual (NTCU).62
1969 Greenwhich Village, Cidade de Nova York
O "Stone Wall Riot" começou. Foi desencadeada por uma incursão policial do Stonewall Wall Inn, um bar gay - embora não fosse de modo algum a primeira vez que um bar gay do Greenwhich Village tinha sido invadido. A revolta inicial durou várias horas. Na noite seguinte, milhares de pessoas se reuniram no Inn para protestar. A polícia chegou para quebrar a multidão. A cena tornou-se mais violenta do que a revolta no início da manhã. Manifestações de protesto e pequenos confrontos continuaram nos próximos dias. O evento geral é considerado o ponto de partida da libertação gay.63
1970Cidade de Nova YorkSilvia Rivera e Marsha P. Johnson, ambos veteranos do Stonewall Riot, criaram STAR - Street Transvestite Action Revolutionaries. Seu principal objetivo era ajudar as crianças transgêneros na rua a encontrar comida, roupas e um lugar para viver. Eles esperavam, em última instância, estabelecer uma escola para crianças que nunca aprenderam a ler ou a escrever. Eles abriram a STAR House, onde dezenas de jovens transgêneros podiam dormir com segurança sem acusação. A STAR House durou dois ou três anos. Isso inspirou o estabelecimento de algumas casas semelhantes em outras cidades, mas elas não duraram muito.64
1970EUA
Nessa altura, havia sistemas de gatekeeping no local nas clínicas universitárias que oferecem cirurgia de reatribuição de sexo. Estes foram essencialmente conjuntos de critérios utilizados para determinar se um candidato a essa cirurgia deve ser aceito ou rejeitado.65
1970EUA
William Masters e Virginia E. Johnson publicam seu segundo livro, Human Sexual Inadequacy. O livro é baseado em sua própria pesquisa.66
1972EUA
O músico Walter Carlos foi submetido a cirurgia de reafectação de sexo em 1972 e mudou seu nome para Wendy Carlos. Sua obra-prima de sintetizador Moog clássica, que tocava em Bach, foi lançada em 1968, seguida pelo Syntesizer bem temperado em 1969. Seu album By Request foi lançado em 1975, mas ela foi creditada como Walter Carlos. O primeiro lançamento creditado a ela como "Wendy" foi Switched-On Brandenburgs, lançado em 1979.67
1972EUA
A cantora e ativista de lésbicas transsexuais da FTM, Beth Elliott, vice-presidente da filha de Bilitis, foi expulsa dessa organização feminista lésbica com base em que não era "realmente" uma mulher.68
1973San Francisco, California
A Unidade Nacional de Aconselhamento Transsexual (NTCU - ver "1969 San Francisco, Califórnia" acima) - renomeado o Transexual [deliberadamente soletrado com apenas um s] Centro de Aconselhamento - foi aleijado por membros reacionários do Departamento de Polícia de San Francisco Vice Squad. Um informante da polícia fingiu estar interessado em Janice Maxwell, um dos principais membros do NCTU e um conselheiro de pares no NTCU. Depois de conhecê-la por algumas semanas, ele a convidou para comprar cocaína e vendê-la. Era uma configuração. Quando Maxwell cumpriu o pedido do informante, a polícia entrou e a prendeu. Eles também plantaram drogas na mesa do sargento de polícia Elliott Blackstone, a ligação proativa da polícia [ver "Fall 1966 San Francisco" e "1969 San Francisco"] com o NCTU, em uma tentativa infrutífera de enquadrá-lo por posse de drogas. Maxwell foi condenado por acusações de drogas e foi preso por dois anos. Blackstone foi transferido para outro trabalho no departamento de polícia onde ele não teve interação com a comunidade LGBT.69
1973Stanford University, Palo Alto, California
O Segundo Simpósio Interdisciplinar sobre Síndrome de Disforia de Gênero ocorre na Faculdade de Medicina da Universidade de Stanford. Um dos palestrantes do simpósio é o Dr. Georges Burou. Ele lê seu papel Male to Female Transformation em que ele descreve a descrição de sua técnica para construir uma vagina a partir do tecido peniano. Ele havia inventado a técnica em 1956 e a usou em mais de 3000 cirurgias de reatribuição de sexo masculino a feminino em sua "Clinique du Parc" em Casablanca, Marrocos. (Veja a entrada acima para "1956 Casablanca, Marrocos.")70
1973Los Angeles, California
Beth Elliot foi acusada de ser um "travesti masculino travesso" pelo palestrante Robin Morgan na Conferência Feminista das Lesbianas da Costa Oeste. Elliot estava na conferência e atuou como membro do seu comitê organizador.71
1974San Francisco, CaliforniaO NTCU (renomeado como Centro de Aconselhamento Transexual) foi descontinuado depois que o financiamento da Fundação Educacional Erickson (EEF) terminou.72
1974United Kingdom

MTM transsexual Jan Morris (1926-) publicou sua autobiografia, Conundrum..73
1975EUA
Richard Raskind, campeão profissional de tênis, mudou de gênero e mudou seu nome para Renee Richard. Mais tarde, o Tribunal Supremo do Estado de Nova Jersey decidiu que ela pode competir profissionalmente em torneios de tênis feminino.74
1979EUA
A Associação Internacional de Disforia de Género Harry Benjamin foi organizada para promover padrões de atendimento de clientes transsexuais e transgêneros. Em particular, eles defenderam o conjunto de padrões dados em sua publicação, "The Harry Benjamin International Gender Dysphoria Association's Standards Of Care For Gender Identity Disorders, Sexta Versão Fevereiro de 2001." A primeira versão é datada de 1979. (Versões posteriores foram emitidas em 1980, 1981, 1990, 1998 e 2001.)75
1981EUA
A epidemia de Aids começou oficialmente em 5 de junho de 1981, quando os Centros para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA no seu boletim do Relatório Semanal de Morbidade e Mortalidade relataram núcleos incomuns de Pneumocystis pneumonia (PCP) causados por uma forma de Pneumocystis carinii em cinco homossexuais homens em Los Angeles. (O nome da Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (AIDS) para a doença foi sugerido pela primeira vez em uma reunião do CDC em julho de 1982. Em agosto de 1982, o nome era geralmente aceito na comunidade médica.)76
1989San Clemente, California
Christine Jorgensen morreu de câncer de pulmão e bexiga com 62 anos de idade.77
1992MichiganNancy Jean Burkholder é expulsa do Michigan Women's Music Festival por ser transsexual.78
1993EUACheryl Chase fundou a Intersex Society of North America (ISNA).79
1993Minnesota
Uma lei antidiscriminação é aprovada no Estado de Minnesota, protegendo pessoas transexuais e transgêneros junto com Gays e lésbicas. Este é um resultado de ativistas trans, gays e lésbicas trabalhando juntos por muitos anos. Minnesota é o primeiro estado a ter tal lei.80
1993Humboldt, Nebraska
Transman Brandon Teena, nascido como Teena Rae Brandon, foi assassinado por dois homens, John Lotter e Marvin Thomas Nissen, depois de descobrir que ele era biologicamente feminino. Brandon tinha 21 anos. Lisa Lambert, 24 anos, e Phillip DeVine, 19 anos, morreram com ela. A verdadeira história de Brandon Teena é a base do roteiro do filme Boys Do not Cry, lançado em 1999.81
1994EUA and Great BritainO livro Gender Outlaws: Sobre homens, mulheres e o resto de nós por Kate Bornstein é publicado pela primeira vez.82
1995Washington, D.C.
Tyra Hunter, uma mulher trans de 24 anos, que foi gravemente ferida em um acidente de carro de sucesso e corrida, morreu devido a cuidados médicos inadequados após o tratamento médico ter sido retido por um técnico do Serviço Médico de Emergência (EMS) no local do acidente . Depois que o técnico do EMS cortou as calças para tratar uma das lesões dele, ele viu seu pênis e saltou para trás de seu corpo. Ele disse ter gritado: "Essa não é nenhuma puta!" O tratamento dos ferimentos de Hunter foi interrompido enquanto outros técnicos admiravam e ridicularizavam. Finalmente, um supervisor foi alertado por pessoas ultrajadas e assustadas que gritaram: "Não faz nenhuma diferença, ele é um ser humano". O supervisor alertado então a tratou. Depois de ser levado para o Hospital Geral do Distrito de Columbia, ela foi tratada inadequadamente e morreu. Em 11 de dezembro de 1998, um júri premiou a mãe de Hunter, Margie, US $ 2,8 milhões depois de encontrar o Distrito de Columbia culpado de negligência e negligência. Tyra tinha transição aos 14 anos e vivia inteiramente como mulher. Mais de 2.000 pessoas participaram de seu funeral.83
1995Washington, D.C.
O primeiro dia nacional de lobby do gênero. Um esforço amplamente bem sucedido e muito visível foi feito por mais de cem ativistas transgêneros para que todos e cada um dos mais de quinze titulares de escritórios no Senado dos EUA e a Câmara dos Deputados dos EUA pressionassem. Isso foi coordenado por Phyllis Randolph Frye (um advogado de Houston e fundador da Conferência Internacional sobre Direito Transgênero e Política de Emprego, Inc. (ICTLEP)). Kerry Lobel da Força-Tarefa Nacional de Gays e Lésbicas (NGLTF) e Nancy Buermeyer da Campanha de Direitos Humanos deram sugestões práticas de lobby e incentivo aos outros ativistas participantes.84
1998Japan
A primeira cirurgia legal de reatribuição do sexo no Japão foi realizada. Foi realizado em um transexual da FTM.85
1999JapanFoi realizada a primeira cirurgia legal de reatribuição do sexo masculino para sexo feminino no Japão.86
1999Texas
Um tribunal do Texas decidiu o casamento de oito anos de Christie Littleton, pós-operatório, nulo e nulo, porque é suposto ter cromossomos XY, como o do marido, fazendo o casamento contra a proibição do Texas em casamentos homossexuais. O juiz foi citado dizendo que "não há cura para ser masculino".87
 1999Clarksville, Tennessee
Exército dos EUA, Primeira Classe privada, Barry Winchell foi espancado com um bastão de beisebol exercido por Private Calvin Glover. Aconteceu pouco tempo depois das 2:30 da manhã. Winchell estava dormindo quando Glover começou a bater a cabeça. Ele nunca acordou. Glover odiava Winchell porque a namorada de Winchell era uma mulher trans.88
2000Lawson Wilkins Pediatric Endocrine Society
Cheryl Chase abordou a Sociedade Endócrina Pediátrica de Lawson Wilkins seguindo um simpósio histórico de quatro horas sobre o tratamento de genitais ambíguos em recém-nascidos. Sua palestra desafiou a prática quase universal de fazer cirurgia "corretiva" em bebês nascidos com órgãos genitais ambíguos para que os bebês se encaixassem fisicamente na categoria masculina ou feminina. Quando anteriormente em 1997 tentou apresentar o ponto de vista dos pacientes intersexos em uma reunião da Academia Americana de Pediatria, a Academia recusou-se a deixá-la falar com o argumento de que ela e seus partidários eram "fanáticos".89
2002Boston, Massachusetts
O Conselho Municipal de Boston agregou identidade e expressão de gênero à lei antidiscriminação da cidade.90
2002Newark, California
Gwen Arajou, uma mulher trans de 17 anos, foi espancada e estrangulada por quatro jovens depois de participar de uma festa onde os homens descobriram que ela era transsexual. Michael Magidson, Jaron Nabors, Jose Merel e Jason Cazares enterraram seu cadáver em um lugar isolado no sopé das Serra Nevada. Dias depois, depois que a mãe de Gwen Arajou relatou Gwen desaparecida desde que ela partiu para a festa, Nabors levou a polícia para o túmulo em troca de uma pechincha. Mais tarde, ele foi condenado por homicídio em segundo grau. Mais tarde, Magidson e Merel foram condenados por assassinato em segundo grau. O jurado ficou paralisado em Cazares. O júri não considerou o crime ser um crime de ódio, mas sim uma reação a uma revelação súbita e chocante. Isto estava de acordo com o que lhe foi dito pelo procurador do Ministério Público. A história desse assassinato foi transformada em um filme Lifetime Television Network, A Girl Like Me: The Gwen Arajou Story, que estreou em 19 de junho de 2006.91
2003Indianapolis, Indiana
Nireah Johnson, uma mulher trans de 17 anos e sua amiga, Brandon Coleman, de 18 anos, foram assassinadas por Paul Moore depois que Moore descobriu que Johnson era biologicamente masculino. Moore disparou sobre eles na cabeça. Em 5 de maio de 2004, Moore recebeu frases combinadas de 120 anos de prisão pelos assassinatos de Johnson e Coleman. A condenação e a sentença de Moore foram confirmadas em recurso em maio de 2005.92
2007EUA
O livro Whipping Girl: uma mulher transexual sobre o sexismo e o Scapegoating Femininity por Julia Serano é publicado pela primeira vez.93
2008EUA
Accord Alliance, fundada em 2007, abriu suas portas pela primeira vez. O objetivo principal é promover abordagens abrangentes e integradas de cuidados que melhorem a saúde e o bem-estar das pessoas e famílias afetadas por transtornos de desenvolvimento sexual (DSD, que inclui algumas condições denominadas "intersex"). A Sociedade Intersex da América do Norte (ISNA) encerrou pouco depois, já que não era mais necessário..94
2008Greeley, Colorado
Angie Zapata, uma mulher trans de 18 anos, foi espancada até a morte por Allen Andrade depois que soube que era transgênero. Em 22 de abril de 2009, Andrade foi considerado culpado de assassinato em primeiro grau, crimes de ódio, roubo de veículos a motor agravados e roubo de identidade. Foi condenado à prisão perpétua sem possibilidade de liberdade condicional.95
2008Memphis, Tennessee
A mulher trans Duanna Johnson foi morta a tiros na cidade de North Memphis, pouco antes da meia-noite. Os agressores nunca foram identificados. Johnson havia depositado uma ação judicial de 1,3 milhões de dólares contra a cidade de Memphis depois de ser preso em fevereiro de 2008 por prostituição, algemada, levada a uma delegacia de polícia e espancada no mesmo dia pelo policial de Memphis, Bridges McRae. As câmeras de vigilância gravaram as batidas. Bridges foi demitido do departamento de polícia por ter espancado Johnson.96
2008Syracuse, New Jersey
Lateisha Green (Moses "Teish" Cannon), uma mulher transgênera de 22 anos, foi morta a tiros por Dwight DeLee porque achava que era gay. DeLee foi condenado por homicídio de primeiro grau como um crime de ódio em 17 de julho de 2009 e recebeu a pena máxima de 25 anos na prisão estadual.97
2009Washington, D.C.
O presidente Barack Obama assinou a lei Matthew Shepard e James Byrd, Jr., Hate Crimes Prevention Act. Esta é a primeira lei federal a proteger especificamente as pessoas transgêneros, acrescentando proteções para gênero, identidade de gênero, deficiência e orientação sexual para a Lei de crimes de ódio de 1969, que já abrangeu raça, cor, religião e origem nacional.98

BIBLIOGRAFIA

Livros

Califia, Pat. Sex Changes: The Politics of Transgenderism. San Francisco: Cleis Press, Inc., 1997. 309 pages. Paperback, ISBN-10: 1-57344-072-8.

Feinberg, Leslie. Transgender Warriors: Making History from Joan of Arc to Dennis Rodman. Boston: Beacon Press, 1996. 218 pages. Paperback, ISBN-10: 0-8070-7941-3.

Meyerowitz, Joanne. How Sex Changed: A History of Transsexuality in the United States Cambridge, Massachusetts: Harvard University Press, 2002. 363 pages. Paperback, ISBN-10: 0-674-01379-4; Hardback, ISBN-10: 0-674-00925-8.

Stryker, Susan. Transgender HistoryBerkely, California: Seal Press, 2008. 197 pages. Paperback, ISBN-10: 1-58005-224-X, ISBN-13: 978-1-58005-224-5.


Web
"20th Century Transsexual History and Experience" by Kay Brown (I highly recommend reading the entire contents of this site. Includes a timeline from 1907 to 1999.)

"The Berdache Spirit" by Wendy Susan Parker.

"A Gender Variance Who's Who"--home page

Wikipedia--"List of pre-Stonewall LGBT Actions in the United States"

Mike's Transgendered Planet--"The Pioneers and Heroes"

"Transgender Coverage: The Next Frontier" by Douglas Russel

Carol's Chronicle--"Transgender History"

Transgenderzone.com--"Transgender History" (A historical timeline beginning at 1479 BC.)

Transgender Tapestry - "The Transgender Rights Movement in the 21st Century" (column)- Issue posted May 2, 2003. (Includes a timeline, 1910-2002.)

PsychoanalysisArena.com--"Please Select Your Gender" by Patricia Gherovichi

The International Journal of Transgenderism--The Popular Sexology of David O. Cauldwell by Richard Ekins and Dave King.

Etransgender.com--"Transgender Revolution" by Dr. Robert T. Francoeur.

tru Crime Library - "Teena Brandon"

Wikipedia - "Brandon Teena"

Wikipedia--"Joan of Arc"

DistinguishedWomen.com--"Joan of Arc"

Wikipedia - "Catalina de Erauso"

Gallae.com - "The Maetrium of Cybele" (Homepage of the Maetrium of Cybele, Magna Mater)

Gallae.com - "We Are an Old People, We Are a New People, Part One" by Cathryn Platine.

NOTAS

1 A documentação antiga mais antiga das sacerdotisas transexuais de Innana, encontradas pelos arqueólogos modernos, remonta ao meio do terceiro milênio aC (ou seja, cerca de 2500 aC). Mas esse fato pode ter mais a ver com a história da escrita e da manutenção de registros do que com a história da religião.

2 Veja Gallae.com - "Nós somos pessoas idosas, somos pessoas novas, segunda parte", de Cathryn Platine.

3 Veja Wikipedia - "Joan of Arc", DistinguishedWomen.com - "Joan of Arc" e Leslie Feinberg, Transgender Warriors: Making History de Joan of Arc para Dennis Rodman (Boston: Beacon Press, 1996), pp. 34 -37.

4 A citação de John Martyr é de Wikipedia - "Balboa" - Wikipedia cita Daniel J. Boorstin, The Discoverers (Nova York: Random House, 1983), p. 257. Leslie Feinberg em seus Transgender Warriors (1996), página 23 cita Antonio de la Calancha, um escritor espanhol que escreveu mais tarde em Lima: Balboa "viu homens vestidos como mulheres; Balboa soube que eram sodomitas e jogou o rei e outros quarenta para ser comido por seus cães, uma boa ação de um espanhol honrado e católico ". - Feinberg dá como sua fonte Francisco Guerra, a Mente pré-colombiana (Londres: Seminário Press, 1971) 190, citado em Walter Williams, The Spirit e The Flesh: Sexual Diversity in American Indian Culture (Boston: Beacon Press, 1986), p. 137.

5 Feinberg, op. cit., p. 22. Feinberg cita Pedro de Magalheis, The Histories of Brazil, trans. John B. Stetson, Jr. (New York: The Cortes Society, 1922), pp. 89-90.

6 Wikipedia - "Catalina de Erauso".

7 Feinberg, op. cit., p. 23 - Feinberg cita Jaques Marquette, da primeira viagem feita pelo pai Marquette para o México, e como a ideia foi concebida, ed. Reuben Gold Thaits (Cleveland: Burrows, 1896-1901) 129, Vol. 59 dos documentos jesuítas e aliados, citado por Jonathan Ned Katz, História dos homossexuais: Lésbicas e homossexuais nos Estados Unidos (New York: Harper & Row, 1976), p. 287; veja também Wikipedia - "Jaques Marquette" para detalhes sobre a expedição de Marquette.

8 Wikipedia - "Mary Read"; Wikipedia - "Anne Bonny".

9 Feinberg, op. cit., p. 23. Feinberg cita Joseph Francois Lafitau, Moeurs des sauvages amerquains, compare os moeurs des premiers tentts, 2 vols. (Paris: Saugrain, 1724) 1:52, pp. 603-10, citado em Katz, op. cit., pp. 288-89.

10 Contei: NOVA Online - "Dois Sexos Não são suficientes" por Anne Fausto-Sterling .; "Transgender Revolution" do Dr. Robert T. Francoeur.

11 Feinberg, op. cit., p.25. Feinberg cita Walter Williams, The Spirit and the Flesh: Diversidade sexual na cultura indiana americana (Boston: Beacon Press, 1986), p. 179.

12 Wikipedia - "Magnus Hirschfeld".

13 Meyerowitz, Joanne, Como o sexo mudou: uma história da transexualidade nos Estados Unidos (2002), pp. 18-19.

14 Dreger, Alice Domurat, Hermafroditas e a Invenção Médica do Sexo (Cambridge, Massachusetts: Harvard University Press, 1998), pp. 158-59; Gherovici, Patricia, Selecione Seu Género: Da Invenção da Histeria à Democratização do Transgenderismo (Nova York: Routledge, 2010), p. 31; Reis, Elizabeth, Bodies in Doubt: Uma História Americana da Intersex (Baltimore, Maryland: Johns Hopkins University Press, 2009), p. 99.

15 Stryker, Susan, Transgender History (Berkeley, Califórnia: Seal Press, 2008), p.41.

16 Meyerowitz, Joanne, como o sexo mudou: uma história da transexualidade nos Estados Unidos (Cambridge, Massachusetts: Harvard University Press, 2002), pp. 17-18.

17 Wikipedia - "Magnus Hirschfeld".

18 Feinberg, op. cit., p. 26. Feinberg cita Williams, The Spirit and the Flesh: Diversidade sexual na cultura indiana americana (1986), p. 182.

19 Stryker, op. cit., p. 41.

20 Meyerowitz, op. cit., p. 19.

21Ibid., P. 19.

22 Wikipedia - "Magnus Hirschfeld".

23 Meyerowitz, op. cit., pp. 48-49; Wikipedia - "Laurence Michael Dillon".

24 Wikipedia - "Alfred Kinsey".

25 Wikipedia - "Alfred Kinsey".

26 Meyerowitz, op. cit., p. 42.

27 Jorgensen, Christine, Christine Jorgensen: uma autobiografia pessoal (San Francisco, Califórnia: Cleis Press, 1967), pp. 94-95.

28 Jorgensen, op. cit., p. 106.

29 Jorgensen, op. cit., p. 125.

30 Jorgensen, op. cit., pp. 139-40.

31 Meyerowitz, op. cit., p. 84.

32 Meyerowitz, op. cit., p. 103; Wikipedia - "Harry Benjamin".

33 Meyerowitz, op. cit., p. 84.

34 Jorgensen, op. cit., p. 235.

35 Meyerowitz, op. cit., p. 85.

36 Meyerowitz, op. cit., pp. 114-115.

37 Meyerowitz, op. cit., pp. 146, 147; Uma diferença de gênero Quem é quem - "Georges Burou".

38 Stryker, op. cit., pp. 59-61; Wikipedia - "Lista de ações pré-Stonewall LGBT nos Estados Unidos".

39 Wikipedia - "Elliott Blackstone".

40 Stryker, op. cit., p. 79; Wikipedia - "Reed Erickson"; Uma diferença de gênero Quem é quem - "Reed Erickson".

41 Stryker, op. cit., pp. 79-80; Meyerowitz, op. cit., pp. 209-210; Wikipedia - "Reed Erickson"; Uma diferença de gênero Quem é quem - "Reed Erickson".

42 Meyerowitz, op. cit., pp. 115-117.

43 Wikipedia - "Masters and Johnson".

44 Wikipedia - "Lista de ações pré-Stonewall LGBT nos Estados Unidos".

45 Wikipedia - "Lista de ações LGBT pré-Stonewall nos Estados Unidos".

46 Meyerowitz, op. cit., p. 118; Wikipedia - "Harry Benjamin".

47 Wikipedia - "Masters and Johnson".

48 Stryker, pp. 63-65; Wikipedia - "Compton's Cafeteria Riot".

49 Stryker, op. cit., p. 75.

50 Stryker, op. cit., p. 75.

51 Meyerowitz, op. cit., p. 219.

52 Meyerowitz, op. cit., pp. 230-31.

53 Jorgensen, op. cit., p. Eu.

54 Meyerowitz, op. cit., pp. 216-17.

55 Meyerowitz, op. cit., p. 222.

56 Meyerowitz, op. cit., p. 208.

57 Meyerowitz, op. cit., pp. 236-37.

58 Meyerowitz, op. cit., pp. 115-117.

59 Wikipedia - "Lista de ações LGBT pré-Stonewall nos Estados Unidos".

60 Meyerowitz, op. cit., pp. 223-24.

61 Meyerowitz, op. cit., p. 216.

62 Meyerowitz, op. cit., pp. 231-32. Veja também Stryker, op. cit., pp. 76-78, 81.

63 Stryker, op. cit., pp. 83-85.

64 Stryker, op. cit., p. 86.

65 Meyerowitz, op. cit., pp. 224-25; Stryker, op. cit., p. 112; Vanderburgh, Reid, Transition and Beyond: Observações sobre Identidade de gênero (Portland, Oregon: Q Press, 2007) pp. 38-39.

66 Wikipedia - "Masters and Johnson".

67 Wikipedia - "Wendy Carlos".

68 Meyerowitz, op. cit., p. 259.

69 Meyerowitz, op. cit., p. 257; Stryker, op. cit., pp. 92-93.

70 Georges Burou, M.D .-- trecho do PROCEDIMENTO DO SEGUNDO SIMPÓSIO INTERDISCIPLINÁRIO SOBRE A SÍMENA DE GÉNERO DE DISPHORIA - "Transformação Masculina para Feminina" por Georges Burou, M.D. "; Uma Diferença de Sexo Quem é Quem -" Georges Burou ".

71 Meyerowitz, op. cit., pp. 259-60.

72 Stryker, op. cit., p. 93.

73 Morris, Jan, Conundrum (Nova Iorque: Harcourt Brace Johnavich, Inc., 1974).

74 Wikipedia - "Renee Richards".

75 Meyerowitz, op. cit., p. 255.

76 Wikipedia - "AIDS"; Wikipedia - "Origem da Aids".

77 Meyerowitz, op. cit., p. 282.

78 Stryker, op. cit., p. 140.

79 Stryker, op. cit., p. 138.

80 "História e experiência de transgênero do século XX" por Kay Brown.

81 Stryker, op. cit., pp. 142-43; Wikipedia - "Brandon Teena"; Tru Crime Library - "Teena Brandon".

82 Bornstein, Kate. Sexta-feira fora do género: em homens, mulheres e resto de nós (New York: Books Vintage, 1995)

83 Wikipedia - "Tyra Hunter"; "do Daily Kansan-Univerisity of Kansas em Lawrence - Página editorial"; Transgriot Blogspot - "Tyra Hunter Anniversary", 7 de agosto de 2007, "It's Murder Out There" de Miranda Stevens-Miller.



84 Califia, Pat Sex Changes: The Politics of Transgenderism (San Francisco: Cleis Press, Inc., 1997), pp. 222-23.

85 O International Journal of Transgenderism - "Beginnings of Transjexual Surgery in Japan" de Takamatsu Ako (2001) et al.

86 The International Journal of Transgenderism - "Beginnings of Transjexual Surgery in Japan" de Takamatsu Ako (2001) et al.

87 "História e experiência transsexual do século XX" por Kay Brown; Tapete Transgênero - "The Transgender Rights Movement in the 21st Century" de Li Anne W. Taft.

88 New York Times, 28 de maio de 2000 - "Uma mulher incoveniente"; Addams, Calpernia Sarah, MARK 947 (Writers Club Press, 2002).

89 Ambos os eventos são relatados em "Transgender Revolution" pelo Dr. Robert T. Francoeur.

90 Tapeçaria Transgênero - "The Transgender Rights Movement in the 21st Century" de Li Anne W. Taft.

91 Stryker, op. cit., p. 143; Wikipedia - "Assassinato de Gwen Arajou".

92 Wikipedia - "Nireah Johnson".

93 Serano, Julia, Whipping Girl: uma mulher transexual no sexismo e o Scapegoating da feminilidade (Emeryville, Califórnia: Seal Press, 2007).

94 Alliance Accord - "Bem-vindo à Alliance Accord"; Wikipedia - "Sociedade Intersex da América do Norte".

95 Wikipedia - "Angie Zapata".

96 The New York Times 17 de novembro de 2008 - "Murder of Transgender Woman Revives Scrutiny"; Eyewitness News 29 de dezembro de 2008 - "Vítima de homicídio identificada como pessoa transgênera, Duanna Johnson".

97 "The Story of Lateisha Green"; Transgender Legal Defence and Education Fund (TLDEF) - "Assassinato de Lateisha Green classificado como crime de odio".

98 Wikipedia - "Matthew Shepard Act".


* (http://1.bp.blogspot.com/-Qb36_9C2kM4/UgpFOcB0hOI/AAAAAAAAAEI/plK5feFA7Qo/s320/tiresias.jpg)

Comentários

Siga nossa página